282015set

Quimioterapia ou não em pacientes de baixo risco?

Hoje foi publicado no NEJM, o estudo TAILOR X, estudo prospectivo, resultados de 5 anos de seguimento do braço de baixo risco (RS<11).

Os resultados são excelentes: no grupo de mulheres com carcinoma mamário com receptor de estrogênio positivo, HER2 negativo, axila negativa, tumores entre 1,1 e 5cm (ou entre 0,6 e 1,0cm com grau 2 ou g3) a taxa de sobrevida livre de doença em 5 anos foi de 99,3% sem quimioterapia (apenas tamoxifeno ou inibidor de aromatase).

Vejo artigo em anexo.

TailorXbaixorisco

Mas o que é isso?

Resumindo…

Existem dois testes de assinatura genética mais utilizados atualmente, o OncotypeDx e Mammaprint. esses testes permitem prognosticar o risco de recorrência do câncer de mama.

O OncotypeDx estuda 21 genes enquanto o Mammaprint 70 genes.

Esses testes são indicados quando há dúvidas se uma paciente deve ou não receber quimioterapia adjuvante.

Esses testes geralmente são solicitados para mulheres com tumores grau 2, menores que 5cm e N0. O Oncotype é indicado para pacientes com receptor de estrogênio positivo e o Mammaprint pra receptores estrogênio positivo e negativo.

Não são indicados para pacientes com fatores clínicos e biológicos que caracterizem maior risco de recorrência : como tumores triplo negativos, HER 2 positivos e pacientes com linfonodos positivos (exceto N1mic)

O estudo TAILOR X tem o objetivo de avaliar o papel do Oncotype DX na seleção do tratamento adjuvante com base no RS (recuurence score). Mulheres com RS<11 receberam somente hormonioterapia, RS>25 receberam QT adjuvante seguido de hormonioterapia e pacientes com RS entre esses valores foram randomizados para QT seguida de hormonioterapia ou hormonioterapia isolada.

IMPORTANTE:

* O tratamento deve ser sempre INDIVIDUALIZADO

* Assinatura genética seleciona um grupo de pacientes em que a quimioterapia pode ser evitada.