O mastologista é o médico especializado no cuidado das mamas, nas doenças benignas e/ou malignas. Algumas alterações benignas comuns da mama são os fibroadenomas, cistos, presença de mamilos acessórios, tecido mamário em região axilar, entre outros. Trata alterações nas mamas masculinas e tem atuação fundamental no diagnóstico e tratamento do câncer de mama.

Participa dos processos de prevenção, diagnóstico, tratamento, cirurgia de retirada do tumor e cirurgia reparadora da paciente. É uma área que está evoluindo muito devido ao avanço tecnológico, que possibilita a descoberta das doenças ou tumores de mama ainda bem pequenos, e aprimorando as formas de tratamento e cirurgias com menos danos estéticos. Atualmente, alguns mastologistas tem a formação em oncoplastia, que significa a adição de técnicas de cirurgia plástica a cirurgia oncológica, como uso de implantes/próteses, lipoenxertia, entre outras técnicas, para obter melhores resultados estéticos.

A doença geralmente tratada pelos mastologistas é o câncer de mama, que anualmente atinge milhões de mulheres pelo mundo. No Brasil, estimam-se 59.700 casos novos de câncer de mama, para cada ano do biênio 2018-2019, com um risco estimado de 56,33 casos a cada 100 mil mulheres (INCA , 2018).